Matéria / Geral

Governo se reúne com COE e tendência é endurecer medidas restritivas

A ideia dos governadores é adotar uma medida única em todo o País para tentar frear a transmissão do vírus

02/03/2021 | Redação
A ideia dos governadores é adotar uma medida única em todo o País para tentar frear a transmissão do vírus / Foto: Ascom/Sesapi

Uma certeza para o governo do estado é que haverá a prorrogação do decreto que determinou toque de recolher e lockdown parcial no sábado e domingo. Em uma semana, a situação piorou com aumento de casos e internações por Covid-19. A ideia dos governadores é adotar uma medida única em todo o País para tentar frear a transmissão do vírus. 

Ontem, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) defende a adoção imediata de lockdown nos Estados em que a ocupação dos leitos de covid-19 tenha alcançado mais de 85%. Os secretários de Saúde defenderam também a adoção de um toque de recolher nacional, das 20h às 6h, em todo o País, inclusive nos finais de semana, e a suspensão do funcionamento das escolas.

O governador Wellington Dias (PT) está em Brasília durante o dia de hoje e deverá chegar na madrugada de quarta. Dias ouvirá o COE e deverá anunciar medidas mais restritivas. O governador já anunciou que o País está à beira do colapso e cerca de 20 estados enfrentam falta de leitos e insumos para pacientes Covid em UTIs. 

Hoje, às 17h, haverá uma reunião do COE para analisar os dados sobre a evolução da crise no sistema de saúde. Eles vão verificar o nível de internações, a transmissão do vírus e ocupação dos leitos clínicos e de UTIs. A ocupação de leitos no estado ultrapassa os 80% e situação grave é mais na região Norte. O hospital Chagas Rodrigues, em Piripiri, chega a 100% de ocupação do leito. 

O secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, confirmou a reunião do COE e que defende a decisão do Conass.

Amanhã, o governador receberá as recomendações do COE e anunciará a prorrogação de medidas mais restritivas. Possivelmente o toque de recolher mudará das 23h para às 20h até às 5 h do dia seguinte. 

 

Com informações do Cidadeverde

Facebook